Você está em: Home >> Notícias >> Petrobrás divulga nota sobre as ‘gotículas de óleo’ em Roncador
 
- Procurar Notácias  
 
 
11/04/2012 | Petrobrás divulga nota sobre as ‘gotículas de óleo’ em Roncador

Em nota divulgada pela Petrobrás, domingo (8/4), a estatal relata que, durante inspeção submarina, “foi identificada uma exsudação de gotículas de óleo no solo marinho do Campo de Roncador, localizado a 120 quilômetros da costa do Rio de Janeiro e a cerca de 500 metros do limite com o Campo de Frade”.

O Campo de Frade é o local onde a norte-americana Chevron provocou o criminoso derramamento de óleo na Bacia de Campos em 7 de novembro passado. A multinacional foi denunciada pelo Ministério Público por uma série de crimes, entre eles, falsificação de documentos e desastre ambiental. Entre outros absurdos cometidos pela petroleira norte-americana estão a não comunicação imediata do vazamento. “A Chevron permitiu que o vazamento continuasse sem controle”, diz relatório da Polícia Federal. “A Chevron sabia que explorava o poço acima da resistência das paredes rochosas da área”, acrescenta o relatório da PF, completando que “a Chevron e a operadora da sonda Transocean buscavam explorar a camada do pré-sal sem condições técnicas e de segurança para isso”.

A Petrobrás informou às autoridades competentes sobre a situação e afirmou que “não foi localizada nenhuma mancha de óleo na superfície do mar e uma amostra das gotículas de óleo foi coletada para análise e identificação de sua origem”.

IARA

No dia seguinte, 9 de novembro, a Petrobrás informou que concluiu a perfuração do poço exploratório de extensão 3-BRSA-1032-RJS (3-RJS-697), localizado na área do plano de avaliação de Iara (1-BRSA-618), no pré-sal da Bacia de Santos. O poço está localizado a 223 km da costa do Rio de Janeiro, a cerca de 9 km do poço pioneiro descobridor, em profundidade de água de 2.150 metros. É o terceiro poço perfurado na área do plano de avaliação da descoberta de Iara e atingiu a profundidade final de 6.050 metros.

“Os resultados obtidos, comprovados por meio de amostragens de petróleo de boa qualidade, entre 21 º e 26º API em reservatórios carbonáticos, situados a partir de 5.430 metros de profundidade, demonstram o elevado potencial dos reservatórios do pré-sal nesta área”, informou a estatal.

A Petrobrás é a operadora do consórcio (65%), em parceria com a BG Group (25%) e Petrogal Brasil/Galp Energia (10%).

 

 
Últimas Notícias
 
06/08/2018   -- João Goulart Filho É Aclamado Candidato A Presidente Em Convenção Nacional Do PPL
20/07/2018   -- EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVENÇÃO ESTADUAL
17/04/2018   -- Cientistas Engajados disputarão as eleições em 2018
13/03/2018   -- PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República
12/03/2018   -- PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
20.07.2018
 EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVENÇÃO ESTADUAL.
13.03.2018
 PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República.
12.03.2018
 PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil.
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
02.02.2018
 Filho de Jango é lançado presidente em São Borja.
22.01.2018
 Resolução da Executiva Estadual do Partido Pátria Livre – RS.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br