Você está em: Home >> Notícias >> Celso Amorim defende a candidatura brasileira para a direção da OMC
 
- Procurar Notácias  
 
 
25/03/2013 | Celso Amorim defende a candidatura brasileira para a direção da OMC

O ministro da Defesa, Celso Amorim, defendeu a candidatura do embaixador brasileiro em Genebra, Roberto Carvalho de Azevedo, para diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC).

"É diplomata habilidoso, que não abre mão de princípios, mas que sabe se mover nos diversos organismos", afirmou o ministro, considerando injusta a crítica feita à indicação do embaixador pelo economista e professor de economia internacional da UEPB, José Carlos Assis, no artigo "Governo põe país no rumo da forca do livre comércio". Para Assis, uma vez diretor-geral da OMC, o brasileiro teria de cumprir a agenda "livre-cambista" e de "livre comércio" da organização, o que seria prejudicial aos interesses do Brasil, e dos países emergentes.

Em informação para o jornalista Luís Nassif, o ministro da Defesa relata que Azevedo trabalhou ao seu lado, diretamente no contencioso do algodão com os EUA no qual o Brasil saiu vencedor. Segundo Amorim, Azevedo o assessorou durante boa parte do seu mandato na OMC (Celso Amorim chefiou a missão brasileira junto ao Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT)/OMC por duas vezes na década de 90), participando, inclusive, de reuniões dramáticas, como no conflito que houve em Foz do Iguaçu. "E nunca demonstrou nenhum comportamento condescendente", observou Celso Amorim.

O ministro da Defesa – ex-Relações Exteriores – afirmou que o Brasil não vai mudar sua política para agradar ou conseguir votos. De acordo com Nassif, Amorim comentou que, assim como o secretário-geral da ONU, o diretor-geral da OMC não faz o que bem entende, mas considerou que o cargo é importante para fazer a organização adotar práticas melhores em relação aos países emergentes.

Por fim, Amorim lembrou que no governo Lula o Brasil apresentou uma candidatura para a OMC, mas foi derrotado por uma articulação de última hora entre os EUA e a União Europeia.

 
Últimas Notícias
 
06/08/2018   -- João Goulart Filho É Aclamado Candidato A Presidente Em Convenção Nacional Do PPL
20/07/2018   -- EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVENÇÃO ESTADUAL
17/04/2018   -- Cientistas Engajados disputarão as eleições em 2018
13/03/2018   -- PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República
12/03/2018   -- PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil
 

 
Voltar


 Comente
 
COMENTÁRIOS:
20.07.2018
 EDITAL DE CONVOCAÇÃO CONVENÇÃO ESTADUAL.
13.03.2018
 PPL apresenta candidatura de João Goulart Filho a presidente da República.
12.03.2018
 PPL decide: João Goulart e Léo Alves para Presidência e Vice-Presidência do Brasil.
02.02.2018
 Aposentados fazem desfile-protesto contra assalto à Previdência.
02.02.2018
 Gasto com juros foi de R$ 400 bilhões em 2017.
02.02.2018
 Servidores Públicos reforçam convocação de greve geral dia 19.
02.02.2018
 ALERGS não vota o pacote de Sartori.
02.02.2018
 Governo do RS deixa metade dos servidores sem salário.
02.02.2018
 Filho de Jango é lançado presidente em São Borja.
22.01.2018
 Resolução da Executiva Estadual do Partido Pátria Livre – RS.
15.01.2018
 João Vicente Goulart condena “desmoralização” do Ministério do Trabalho.
15.01.2018
 Eleição com Lula é fraude!.
15.01.2018
 Ha-Joon Chang: “O Brasil está experimentando uma das maiores desindustrializações da história da economia”.
27.11.2017
 A vice-presidente do PPL/RS recebe homenagem da ALRS alusiva à Semana da Consciência Negra.
[+ Notícias]

Correio Eletrônico: pplrs@pplrs.org.br